Piso Salarial e Tabela de Serviços

“O jornalista não pode aceitar oferta de trabalho remunerado em desacordo com o piso salarial da categoria ou com a tabela fixada pela sua entidade de classe”. Artigo 10 do Código de Ética dos Jornalistas Brasileiro.

Pisos dos  Jornalistas  para 5 horas diárias, conforme legislação e convenções 2020/2021:

Jornais / Revistas / Sites / Assessorias:
Circulação diária com sede no município de Vitória, Serra, Vila Velha e Cariacica: R$ 2.266,51*
Circulação diária nos demais municípios do ES: R$ 1.732,32*
Jornais com circulação diferente da diária e nas revistas com sede no município de Vitória: R$  1.811,07
Jornais com circulação diferente da diária e nas revistas nos demais municípios R$ 1.640,97

 

Jornalistas assessores de imprensa e/ou atuantes em sites informativos.

Grande Vitória: R$ 2.266,51
Interior: R$ 1.732,32

Rádios:
Grande Vitória: R$ 1.907,62
Demais municípios: R$ 1.636,53

Televisão:
Grande Vitória: R$ 2.244,52
Demais municípios: R$ 1.796,06

Convenção Sertes-Sindijornalistas 2021/2022

Convenção Sindijores-Sindijornalistas 2021-2022

 

TRABALHO FRELANCER * (em atualização)

Tabela de referência para remuneração mínima  de serviços prestados por jornalistas profissionais.

Vale lembrar que esses são valores referências e podem variar de acordo com a demanda, sendo de responsabilidade final do jornalista.

 

Reportagem – qualquer mídia

Lauda com uma fonte – R$ 109,00
Lauda com duas fontes ou três fontes (mais 25%) – R$ 129,00
Lauda com quatro ou mais fontes (mais 50%) – R$ 163,00

* Lauda: com até 1.400 caracteres com espaço

 

Revisão

Lauda: com até 1.400 caracteres com espaço R$ 28,00
Para calcular o valor da revisão por página, multiplique o valor por: 10 para standart, 5  para tabloide, 3 para revista, 1,5 para ofício (A4). Estes fatores contemplam o número médio de laudas por paginas com fotos e/ou ilustrações.

 

Pauta – criação e produção

Com até três contatos prévios – R$ 219,00
Com mais de três contatos prévios – R$ 271,00

 

Edição –  por página

Ofício  – R$ 80,00
Tabloide – R$ 116,00
Standard – R$ 136,00
Revista – R$ 99,00

Veiculo eletrônico (Lauda com até 1.400 caracteres com espaço) – R$ 163,00

 

Fotos imagens digitais


Saída (até 3 horas) – R$ 622,00
Diária (até 5 horas) – R$ 1007,00
Diária de viagem (fora da G. Vitória) – R$ 1.240,00
Imagem de Arquivo – R$ 388,00
Veiculo eletrônico (Lauda com até 1.400 caracteres com espaço) – R$ 151,00

 

Projeto Editorial – por página


Tabloide: R$ 260,00
Standard: R$ 396,00
Revista: R$ 333,00

 

Projeto Gráfico


Ofício  – R$ 676,00
Tabloide –  R$ 1.082,00
Standard – R$ 1.352,00
Revista – R$ 1.321,00

 

Diagramação  – por página


Ofício  – R$ 95,00
Tabloide: R$ 118,00
Standard: R$ 146,00
Revista: R$ 124,00

 

Diagramação (Edição)  – por página


Ofício  – R$ 78,00
Tabloide: R$ 115,00
Standard: R$ 136,00
Revista: R$ 159,00

 

Observações 

 

  1. As despesas com hospedagem, transporte e alimentação correm por conta do contratante.
    2. Em caso de viagem, além da diária, deve ser cobrado o valor por lauda.
    3. Para a lauda-padrão, considerar 20 linhas de, no máximo, 70 toques (1.400 caracteres com espaço).
    4. Os valores desta tabela passaram a vigorar em junho de 2015.

 

Ilustração – criação


Ilustração (matérias e editoriais): R$ 312,00
Ilustração para capa: R$ 468,00
Charge: R$ 468,00
Infográfico meia página: R$ 541,00
Infográfico página inteira: R$ 770,00

 

Tradução

Por lauda, com até 1.400 caracteres – R$ 42,00

 

Redes sociais (inclusive ao vivo e streaming)

Hora trabalhada (até 4 horas)*: R$ 157, 00
Diária (5 horas): R$ 512,00
Diária (7h) – dia útil: R$ 870,00
diária (7h)- domingos e feriados: R$ 1,024

 

Rádio e locução

Produção e edição: R$ 179,00
Podcast 1h: R$ 583,00
Reportagem: R$ 508,00
Reportagem especial: R$ 645,00
Programete: R$ 389,00
Vinheta: R$ 145,00

 

Repórter cinematográfico

Diária (5 horas): R$ 711,00
Jornada de 5 horas – s/equipamento: R$ 592,00
Jornada de 7 horas – s/equipamento: R$ 854,00
Jornada de 5 horas – equipamento próprio: R$ 1.758,00

 

Diárias 

Diária (7h): R$ 1.207,00
Diária (7h) – domingos e feriados: R$ 1.421,00
Diária em viagem: R$ 1.207,00
Diária viagem (5h): R$ 890,00
Diária viagem (7h) – dia útil: R$ 1.514,00
Diária (7h) – domingos e feriados: R$ 1.780,00

 

1) Caso o material jornalístico (TEXTO OU IMAGEM) venha a ser veiculado na rede WEB, será devido adicional de 20% do valor originalmente pago, para cada período de seis meses de veiculação.
2) Os valores mínimos de Reportagem e Redação, referentes a diárias e laudas, são cobrados cumulativamente.

 

Observações

  1. Uma saída compreende a realização de trabalho único em local específico, no prazo máximo de 3 horas, computadas a partir da saída da redação.
  2. Uma jornada compreende a realização de trabalho único em local específico, no prazo máximo de 5 horas, computadas a partir da saída da redação.
  3. Um plantão compreende a realização de trabalho num período de, no máximo, 7 horas contínuas. Deslocamento do local específico para complementação de matéria, mesmo dentro das 3 horas, é considerado como saída.
  4. As fotos vinculadas a reportagens que forem publicadas na 1ª página de jornais terão como pagamento adicional R$ 250,00. As publicadas em capa de revistas, R$ 582,00.
  5. Quando o serviço ultrapassar as 5 horas consideradas de trabalho normal, o repórter fotográfico cobrará R$ 100,00 por hora extra ou fração (hora de trabalho + 20%, segundo o mínimo estabelecido pela CLT).
  6. Os filmes, produção, revelação, contato, cópias, transporte, hospedagem, alimentação, seguro de vida e credenciamento para execução das reportagens ficam por conta do cliente.
  7. Acréscimo de 50% no valor para reportagens:
    I. Realizadas aos sábados, domingos e feriados;
    II. No período entre 21h e 6h;
    III. No exercício da função de laboratorista (revelação ou ampliação) ou operador de telefoto (dupla função).
    A aplicação dos acréscimos é cumulativa sobre o bruto do recebimento, incluindo horas extras e adicionais.
  8. Trabalhos publicados sem crédito junto à foto sofrerão multa de 50% sobre o valor, conforme lei nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998.
  9. Para garantia dos direitos autorais, deve ser usado como comprovante de pagamento o contrato de licença de reprodução de obra, aprovado no Congresso de Guarapari (ES).
  10. No caso de foto de arquivo, a negociação deve ser direta, tendo como valor mínimo R$ 212,00 e observando-se os valores do item 4, para o caso de publicação na 1ª página de jornais ou em capa de revistas.
    Obs.: Republicações serão pagas como fotos de arquivo.
  11. Reproduções, digitalizadas e tratadas: R$ 212,00.
  12. Os valores são para pagamento à vista, considerando-se o dia do recebimento dependente do dia da realização do serviço, admitindo-se 5 (cinco) dias úteis para trâmites burocráticos. Trabalhos requisitados e não realizados por motivos alheios ao fotojornalista deverão ser pagos integralmente.
  13. O roteiro para cálculo dos valores desta tabela foi estabelecido de acordo com a publicação “Direitos Autorais dos Jornalistas”, série “Documentos da FENAJ”, vol. IV. De acordo com o artigo 10 do Código de Ética dos Jornalistas, o repórter fotográfico não poderá aceitar oferta de remuneração em desacordo com o piso salarial da categoria ou com a tabela fixada pela sua entidade de classe.
  14. Esta tabela não inclui o pagamento dos direitos autorais. Todos os direitos do autor estão reservados.
  15. Os valores desta tabela passaram a vigorar em junho de 2015.