Ações contra chargista são intimidação à liberdade de imprensa

charge_carnaval-5009274O Sindijornalistas vem manifestar seu repúdio às ações que um grupo está promovendo contra a charge de Amarildo, do Jornal A Gazeta, publicada no dia 18 de fevereiro, sábado de desfile das escolas de samba de Vitória, uma semana antes do carnaval oficial.

Entendemos que a charge é um importante instrumento de análise conjuntural das situações vivenciadas pela sociedade.

A charge oportunizou a reflexão do momento que os capixabas, inclusive os jornalistas, estavam passando em seu dia a dia, durante o período de caos na segurança pública, quando a insegurança pairava sobre todos os cidadãos.

O Sindijornalistas entende que as ações são uma intimidação ao trabalho dos chargistas e uma tentativa de violação à liberdade de imprensa, um dos pilares da democracia.

Manifestamos nosso total apoio ao chargista Amarildo e lamentamos que algumas pessoas  não consigam conviver com a contradição que pressupõe o exercício da democracia.