Campanha salarial 2014 – Jornalistas fazem assembleia para discutir nova proposta patronal

Os jornalistas capixabas voltam a se reunir nesta quarta-feira (09), a partir do meio-dia, na sede do Sindicato, para discutir a nova proposta patronal para a negociação salarial deste ano. As empresas de comunicação ofereceram na última rodada de negociação um reajuste salarial de 7%, sendo 5,81%, índice do IBGE, correspondente à inflação do período maio de 2013 a abril de 2014, mais 1.19% de ganho real.

Os patrões continuam negando o pagamento de ganho real maior e a concessão de tíquete alimentação para os profissionais que trabalham nas Redes Gazeta e Tribuna, pois os jornalistas contratados pelas empresas TV Vitória, TV Capixaba, TVE e site ESHoje já recebem o vale alimentação. Somente as duas maiores redes que atuam no Estado negam a concessão de tíquetes aos seus funcionários.

Perda do poder de compra

Enquanto o patronato oferece um ganho real de pouco mais de 1%, os jornalistas capixabas, nos últimos 14 anos, tiveram uma perda de quase 16% no poder de compra de seus salários. E, portanto, necessitam de ganhos reais maiores para a retomada da plenitude salarial.

Em vista disso, reforçamos nosso chamamento para que todos os jornalistas participem da Assembleia Geral Extraordinária desta próxima quarta-feira (09), na sede do Sindicato.