Comissão da Verdade dos Jornalistas conclui relatório até dezembro

A Comissão da Verdade dos Jornalistas, no Estado do Espírito Santo, já começou os trabalhos de finalização do seu Relatório Final, que deverá ser entregue em dezembro  para a Comissão Nacional da Verdade dos Jornalistas. Recentemente, mais duas vítimas da repressão foram ouvidas: o único jornalista capixaba cassado, Vitor Costa – que tinha estreita relação com o comunista e guerrilheiro Carlos Marighella –, e o jornalista Adam Emil Czarosky.

“Estamos na fase final do documento”, disse o coordenador da Comissão da Verdade do Jornalistas, Rubens Gomes. Ele destacou que o mais importante é que objetivo da Comissão vem sendo cumprindo para que se restabeleça a verdade dos fatos. E diz que todos os depoimentos foram de grande relevância para entender melhor os acontecimentos da época de perseguições e, também, para não permitir a repetição de um capítulo negro da nossa história.

Nove vítimas da repressão já foram ouvidas pela Comissão: o médico Waldir Ferreira, militante de Direitos Humanos e ex-preso político; a militante Laura Coutinho, na época com 21 anos, foi presa e torturada grávida no final dos anos 60; Juca Alves, ex-preso político, ele e a família foram perseguidos, presos, torturados e tiveram que se exilarem no Chile; Perly Cipriano, atual subsecretário da Secretaria de Direitos Humanos do Espírito Santo, foi preso mais de três vezes entre os anos de 64 e 67; Jussara Albernaz e Francisco Calmon foram torturados e transferidos para o Rio de Janeiro; Anita Wright, filha de Jaime Wright, pastor presbiteriano, testemunhou sobre a perseguição sofrida pelo pai.

Também já falaram o jornalista Francisco Flores, que repassou informações sobre o Jornal Folha Capixaba e; o ex-delegado, Cláudio Guerra, que em seu depoimento citou a explosão do Jornal Povão.  Dois informativos que foram extintos no período da repressão.

No Estado, a Comissão da Verdade dos Jornalistas é composta pelos jornalistas Rubens Gomes (coordenador), Suzana Tatagiba, Rogério Medeiros, Tinoco dos Anjos, Glaucia Regina Loriato e Francisco Flores. Todos os membros foram indicados pela Diretoria do Sindijornalistas-ES. As reuniões da Comissão acontecem na sede do Sindicato dos Jornalistas no Espírito Santo.

Comissão Nacional da Verdade dos Jornalistas – Aprovada no 35º Congresso Nacional dos Jornalistas, a Comissão Nacional da Verdade da categoria é composta pelos jornalistas Audálio Dantas (SP), Nilmário Miranda (MG), Rose Nogueira (SP), Carlos Alberto Caó (RJ) e Sérgio Murillo de Andrade (SC), coordenador da comissão. Ao final dos trabalhos a comissão vai produzir uma publicação especial e encaminhar o resultado à Comissão Nacional da Verdade (CNV).

Saiba mais sobre o assunto em

www.cnv.gov.br

www.fenaj.org.br

Danielle Rodrigues – Assessoria de Imprensa