COMUNICADO IMPORTANTE – HORAS EXTRAS

 

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Espírito Santo orienta aos profissionais que, caso sejam pressionados por suas chefias a não fazer hora extra e, caso seja necessário fazer jornada extraordinária para cumprir o seu trabalho (que dependa, por exemplo, do retorno de fontes, e não haja outro profissional designado para dar continuidade, que demande tempo para escrever o que foi apurado, entre outras situações), que o profissional:

  • Comunique por escrito a sua chefia imediata sobre a necessidade de fazer hora extra. Tal comunicação pode ser feita por meio do Whatsapp (justificando o motivo) e solicitando prazo para a resposta.
  • O profissional só deve realizar a hora extra se tiver autorização formal de sua chefia.
  • Caso a chefia não responda e não autorize a hora extra, o profissional não deve cumprir jornada, além de seu horário normal de trabalho.
  • O profissional deve comunicar o ocorrido ao Sindicato dos Jornalistas.
  • Em hipótese alguma os profissionais devem assinar qualquer tipo de advertência, relacionada à realização de horas extras.
  • O profissional que for chamado ou coagido a assinar advertência neste sentido deve imediatamente entrar em contato com o Sindicato dos Jornalistas antes de adotar qualquer posicionamento.

 

Diretoria do Sindijornalistas/ES
Vitória, 27 de março de 2019