Concurso da Assembléia é adiado para 31 de agosto

Inscrições deverão ser reabertas

Foi adiada, mais uma vez, a data das provas para preenchimento das 28 vagas na TV da Assembléia Legislativa do Estado do Espírito Santo (ALES), na função de Técnico de Comunicação Social (jornalista e radialista). As provas objetivas e discursivas estavam previstas para ocorrerem neste domingo, dia 6, mas foram suspensas por decisão judicial.
Segundo o diretor-geral da ALES, José Carlos Pereira, será no dia 31 de agosto a nova data para aplicação das provas. Ele explica que o adiamento se deu em virtude de Mandado de Segurança (n. 100070009788) do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo, requerido por um dos inscritos no concurso.

O mandado determina a alteração do subitem 2.1.4.3 do edital, que se refere as atribuições do cargo de supervisor de programação. A decisão determina que as funções definidas no edital limitam-se a atividade de radialista, o que torna necessário modificar o edital. "Com a alteração do edital haverá um novo período de inscrições para o concurso", disse o diretor. Um novo cronograma do concurso também será divulgado em breve.

Ainda esta semana, a Comissão de Acompanhamento do concurso da Assembléia, da qual participa o Sindicato dos Jornalistas e o Sindicato dos Radialistas, irá se reunir com o diretor-geral da ALES.

Marília Poletti
Assessoria de Imprensa
Sindijornalistas-ES