Concurso para jornalistas é opção de melhores salários

Estabilidade no trabalho. Salário que, na maioria das vezes, está acima do mercado e outros benefícios. Este é o desejo de muitos jornalistas: entrar no serviço público. Só este ano há nove concursos abertos pelo Brasil; outros 18 já fecharam inscrições. Os nove concursos, em diferentes cidades, abrem 11 vagas para jornalistas, além de outras 107 vagas para fotógrafo técnico-pericial com atuação na Polícia Civil de São Paulo.

De acordo com o SJSP, Sindicato de Jornalistas do Estado de São Paulo, existem em SP cerca de 5 mil jornalistas atuando no serviço público. No Brasil inteiro este número ultrapassa os 15 mil. Há jornalistas trabalhando no serviço público nas fundações, administrações, autarquias, empresas públicas, nos poderes Legislativo e Judiciário.

Dentre os concursos lançados este ano, o mais concorrido é o da Petrobras. As inscrições foram até o dia 05/05. Os inscritos concorrem a 20 vagas de jornalista em várias cidades do Brasil, com um salário de R$ 4.453,73.

Os profissionais concursados lidam, muitas vezes, com a antipatia dos colegas de redação, por trabalharem diretamente com um setor que é visto como burocrático e polêmico. "Para mim está é uma visão da década de 70, tudo isso depende muito da companhia. Eu, particularmente, tive boas experiências com assessores do serviço público", conta o jornalista Marcelo Sander, que abriu a discussão na última edição da Ciranda de Textos, modelo de blog carnival que discute o jornalismo.

Sander diz que muitos dos seus colegas jornalistas "atiram no escuro", e se inscrevem em concursos para os mais diversos órgãos e companhias. "Eu sou um pouco criterioso quando vou prestar concursos. Vejo a imagem da companhia e também se gostaria de trabalhar nela", afirma.

As provas dos concursos públicos voltados para jornalistas abordam os assuntos tratados no meio acadêmico, como teorias e planos de comunicação, além das áreas de rádio, TV, impresso e internet.

Para Sander as provas aplicadas aos jornalistas carecem de coerência, como a falta de critérios nas questões sobre jornalismo on-line. "Há perguntas que trazem como opção somente o certo e errado onde ainda não há consenso, onde ainda há dúvidas", analisa o jornalista, que também é especialista em webjornalismo.

Alguns concursos abertos para jornalistas   

RJ – Prefeitura de Niterói (FAN)
Inscrição até 05/06/2008 taxa: R$ 45,00. Provas dia 08 de junho de 2008. Informações:
www.fesp.rj.gov.br

RJ – Prefeitura de Conceição de Macabu
Inscrição até 30/05/2008 taxa: R$ 41,50. Provas dia 15/06/2008. Informações:
www.magnusauditores.com.br/concursos.htm

SC – CEFET – Centro Federal de Educação Tecnológica
Inscrição até 01/06/2008, taxa: R$ 62,00. Provas dia 08 de junho de 2008. Informações:
concursos.cefetsc.edu.br

SC – Prefeitura de Mafra
Inscrição até 16/06/2008 taxa: R$ 30,00. Provas dia 17 de agosto de 2008. Informações:
www.lutzconcursos.com.br

SC – Sec. de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável
Inscrição até 01/06/2008 taxa: R$ 20,00. Provas dia 13 de julho de 2008. Informações:
www.consulplan.net