Emissoras de TV são notificadas por indícios de burla à legislação trabalhista

Cumprindo seu papel constitucional, o Sindicato dos Jornalistas tem intensificado a fiscalização para garantir os direitos trabalhistas dos jornalistas.

Um dos momentos dessa fiscalização se dá durante as homologações, onde, com o acompanhamento da assessoria jurídica do Sindicato, as empresas infratoras têm sido notificadas por burlar a Convenção Coletiva de Trabalho (assinada entre os sindicatos patronais Sertes e Sindijores e o Sindijornalistas) e a CLT.

Recentemente, as emissoras Record News e a Tv Tribuna foram notificadas por infringirem cláusulas da Convenção Coletiva, bem como a legislação trabalhista.

Junto à notificação, o Sindicato também encaminhou à Superintendência Regional do Trabalho (SRT) denúncia sobre outras empresas de comunicação que também estão burlando a legislação, entre elas, a Tv Capixaba e a Rede Gazeta.

Entre os principais pontos desrespeitados pelas empresas estão jornada excessiva de trabalho com o não pagamento de horas extras, não pagamento da verba de apresentação, cálculos rescisórios errados, não cumprimento do descanso semanal, além de denúncias de assédio moral. 

O Sindijornalistas reforça a importância do profissional não se calar quando sentir que seus direitos estão sendo desrespeitados. Ele deve acionar o Sindicato utilizando nosso formulário de contato do site, pessoalmente, ou por telefone.

As denúncias também pode vir via e-mail (sindicato@sindijornalistases.org.br)
ou até mesmo através de mensagem privada pelo endereço https://www.facebook.com/Sindijornalistases.

Garantimos sempre o sigilo das informações prestadas. Destacamos, ainda, que o Sindicato oferece atendimento jurídico gratuito a todos os sindicalizados.