FENAJ e Sindicatos convocam Assembleia Nacional dos Jornalistas

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) e os Sindicatos dos Jornalistas Profissionais em todo o país estão convocando a categoria para defender a profissão. Na próxima quinta-feira, 21 de novembro, jornalistas estarão reunidos em encontros descentralizados nos estados, numa Assembleia Nacional. Em pauta, a luta contra a Medida Provisória 905/2019, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, que extingue a obrigatoriedade do registro profissional para atuar na profissão de jornalista.

A FENAJ entende que, junto ao fim da obrigatoriedade do diploma, extinto em 2009 pelo Supremo Tribunal Federal, o fim da exigência do registro precariza ainda mais a profissão. “Com essa MP, o presidente Bolsonaro confirma suas ações deliberadas para atacar o jornalismo profissional, e somente a demonstração pública e organizada de contrariedade a essa medida por parte dos jornalistas pode mudar esse cenário”, afirma a presidenta da FENAJ, Maria José Braga.

Os sindicatos de jornalistas estão organizando assembleias em conjunto com radialistas e estudantes de jornalismo para confirmar a orientação da FENAJ em convocar um Dia Nacional de Luta em Defesa do Jornalismo, que será realizado em 4 de dezembro, quando a entidade enviará uma comitiva a Brasília para agenda com os presidentes da Câmara Federal, Rodrigo Maia, e do Senado Federal, Davi Alcolumbre.

Paralelamente, os sindicatos devem entrar em contato com os parlamentares que representam seus estados de origem para dialogar sobre a importância da retirada dessa MP, que altera diversos pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), configurando-se numa nova Reforma Trabalhista e usurpando da Câmara e do Senado, com uma canetada presidencial, o poder de legislar no país. “A pressão é importante. Após ação da FENAJ denunciando a precarização para a profissão com essa MP, já circularam informações de que Maia iria retirar esse item sobre o registro dos jornalistas, mas até isso ocorrer, devemos permanecer mobilizados”, orienta a presidenta.

No Espírito Santo, a Assembleia será unificada com os radialistas e será realizada nesta quinta-feira, 21 de novembro, às 19h no Ed. Ricamar, Sl 1111, mesmo prédio das sedes do Sindijornalistas e Radialistas.

O coordenador geral do Sindijornalistas, Douglas Dantas reforça a importância da participação da categoria. “Essa é a oportunidade dos jornalistas reafirmarem sua importância para a sociedade na defesa da democracia. Vivemos um período de fake-news em que o jornalismo de qualidade e ético precisa ser valorizado. É inaceitável uma Medida que ignora toda necessidade de formação para o exercício profissional”.

 

ESPÍRITO SANTO | Vitória

ATENÇÃO – NOVA DATA

Data: terça-feira, 26 de novembro
Horário: 19h
Local: Edifício Ricamar, Sl 1111 – Centro

 

Com informações de Fenaj