Importante – Orientações aos jornalistas demitidos de A Tribuna

 

É com imensa preocupação que o Sindicato dos Jornalistas recebe a notícia de que mais um grupo de experientes e também jovens profissionais foi demitido pela Nassau Rádio & Televisão (Rede Tribuna), que já atuava no limite com poucos profissionais para produzir um jornal diário, o que tem gerado inclusive diversas reclamações relacionadas à sobrecarga de trabalho com adoecimento da categoria.

Diante das demissões, comunicamos que a diretoria do sindicato se reuniu com os diretores de RH e Financeiro da empresa e com o editor Executivo para obter esclarecimentos.

A diretoria da empresa informou que os cortes foram necessários diante a situação financeira da Rede Tribuna e que não há previsão de mais demissões. Ainda foi informado a intenção do parcelamento das verbas rescisórias, ponto esse avaliado como ilegal pelo Sindicato.

Comunicamos aos jornalistas que o Sindicato está à disposição para prestar os devidos e necessários esclarecimentos e informações.

1)            O sindicato orienta  que o jornalista tem o direito LEGAL de receber toda verba rescisória em parcela única. Que a entidade não homologa e nem concorda com o parcelamento dessas verbas. Ressalta-se que a Rede Tribuna – após forçar alguns profissionais demitidos a aceitarem o parcelamento,  descumpriu o acordo e atrasou o pagamento de parcelas, o que motivou um processo judicial, por meio do Sindijornalistas, ganho pelo profissional demitido;

2)            A empresa deve fornecer cópia de toda documentação rescisória ao jornalista, inclusive extrato analítico que comprove que TODAS as verbas do FGTS foram depositadas pela empresa.

3)            Mesmo diante da reforma trabalhista, os jornalistas sindicalizados continuam recebendo atendimento gratuito. Dos não associados, o Sindijornalistas está cobrando o valor de R$100,00 referente ao custeio das consultorias jurídicas e contábeis necessárias para uma rescisão.

4)            A homologação da rescisão no sindicato é uma garantia para evitar que direitos sejam negados aos profissionais. Formalize à empresa sua solicitação, protocole no RH o texto abaixo.

Eu, (nome completo, CPF e RG), após ter sido comunicado por esta empresa que fui demitido, solicito formalmente que a Nassau Rádio e TV entre em contato com o Sindicato dos Jornalistas para marcar a homologação antecipadamente pelo email sindicato@sindijornalistases.org.br

O sindicato comunica que assim que receber a documentação da Rede Tribuna é realizado o agendamento imediato das rescisões dos profissionais.

Por fim, desejamos que esses profissionais sejam realocados o mais breve no mercado de trabalho em uma empresa que de fato valorize sua atuação.