Jornalistas desfilam os Filhos da Pauta neste carnaval

 A pedido da categoria, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Espírito Santo, volta às ruas com o Bloco Filhos da Pauta. A concetração será às 16h, do dia 27 de fevereiro, domingo, no Triângulo, com previsão de saída por volta das 19h pelas ruas adjacentes até a primeira baia de estacionamento da Praia de Camburi, retornando para o Triângulo.

 

À frente da organização estão os jornalistas Douglas Dantas e Ilda Castro, que prometem muita animação e novidades. "Nosso carnaval será bem tradicional, animado com a Banda de Fãfarra que irá tocar grandes sucessos carnavalescos e muitas marchinhas. Estamos preparando também concurso de fantasias e outras novidades", revelam.  

Para animar, será realizado um concurso de fantasia. A mais original, criativa, de preferência que faça alusão ao jornalismo, irá ganhar uma caixa gelada de latinha de cerveja. Qualquer um poderá participar do concurso, mesmo sendo familiar ou amigo de jornalista ou estudante de jornalismo.

Perfume no ar
Inovando o bloco promete perfumar as ruas por onde passar com o melhor da perfumaria mundial. Isso será possível pois uma das patrocinadoras do bloco, a Zephyr Perfumes, irá distribuir adereços perfumados, que promete exalar um gostoso e suave perfume no ambiente.

Os jornalistas sindicalizados e em dia poderão entrar em contato no Sindijornalistas (3222-2699) até a próxima segunda-feira (21) para fazer reserva de seu abadá. Os demais profissionais e estudantes poderão retirar o abadá na sede do Sindijornalistas na sexta-feira ou no dia do evento. Os abadás são limitados.

Os abadás serão distribuídos para os jornalistas capixabas, sem nenhum custo. Isso foi possível pela parceria com as empresas patrocinadoras: Blokos; Francisco Rocha; Épura;  Arte Assinada; Morar e Zephyr.

MARCHINHA DO FILHOS DA PAUTA
Obs.: Cantar em ritmo de "Cachaça é Água"

 

VOCÊ PENSA QUE O MOTE É LIDE
                                               Júlio Pater

Você pensa que o mote é lide
O mote não é lide não
Jornal  bom tem que ser livre      (BIS)
Não é pra embrulhar o pão

Hoje eu sou Filho da Pauta
Amanhã eu não sei não
Me imprensa sem censura
Que eu te dou meu coração.

Pode me faltar salário
E até felicidade
Só não quero que me falte
É a nossa liberdade!