Minicursos estimulam o debate e capacitam jornalistas no 3º Conej e 21ª Enjai

 

A tarde do primeiro dia do 3º Congresso Nacional Extraordinário dos Jornalistas e 21 Encontro Nacional de Jornalistas em Assessoria de Imprensa (Enjai) ocorrida ontem, 07, foi marcada por muito debate e aprimoramento profissional dos jornalistas que participaram dos minicursos realizados nos eventos.

“A busca por alternativas é essencial para a comunicação sindical”, defende a jornalista Claudia Santiago que falou sobre “Jornalismo Sindical e os Desafios das Novas Mídias”. Segundo ela, o tradicional jornal impresso esbarra na questão financeira para ser viabilizado pelos sindicatos cada dia com mais problemas de verbas.

“As novas mídias devem ser usadas sim, mas com cuidado. A transmissão ao vivo funciona, mas não devemos ficar apenas no facebook. Os sites são fundamentais. São eles que devem divulgar o face e não ao contrário”, disse ela.

No minicurso “A Comunicação e a Estratégia em Tempos de Crises”, a superintendente de comunicação do ES, Andréia Lopes relatou as crises que enfrentou ao assumir a pasta a partir de 2015.

A primeira, segundo ela, foi a crise financeira do país que levou o governo capixaba a implantar uma série de medidas antipopulares para fazer o ajuste fiscal. O desastre de Mariana também foi outra situação de crise enfrentada pela comunicação do governo do ES. Mas, segundo Andréia Lopes, nada foi pior do que a greve da PM capixaba que foi notícia internacional.

“Estratégia de comunicação funciona com ação concreta”, assegura. Para divulgar a posição do governo do Espírito Santo diante da crise durante a greve da PM, a superintendência de comunicação optou usar as novas mídias.

“Não usamos o “comunicado oficial” porque tudo acontecia muito rápido durante a greve. Íamos dormir com uma definição de que os ônibus iam voltar a circular e de madrugada um ônibus era incendiado e eles paravam de circular novamente”, disse Andréia Lopes.

Segundo ela, após o retorno das atividades dos policiais, a estratégia usada pela comunicação do ES foi a divulgação de vídeos mostrando que os PMs estavam nas ruas para fazer com que a população voltasse a se sentir segura novamente e pudesse voltar a vida com normalidade. Esta comunicação se mostrou eficaz, de acordo com Andréia, já que após alguns dias, o capixaba voltou as atividades cotidianas.

Os eventos continuaram durante a noite da quinta-feira com a abertura oficial e segue nos dias 08 e 09 de dezembro. Acompanhe onl-line todos os paines por meio do nosso facebook.com/sindijornalistases