Morre um dos fundadores do Sindijornalistas, Gerson Camata

 

 

É com profunda tristeza que lamentamos o trágico assassinato de um de nossos fundadores e também ex-diretor da Fenaj, o jornalista Gerson Camata aos 77 anos. Tendo atuado nos principais jornais e emissoras de rádio do Espírito Santo, Camata foi eleito vereador, deputado federal, senador e foi o primeiro governador no período de redemocratização do país.

Pioneiros lembram da sua contribuição na fundação do Sindijornalistas. O primeiro presidente  Rogério Medeiros  destaca a atuação de Camata. “Ele sempre defendeu a categoria. Fundamos o Sindijornalistas e indicamos Camata para a diretoria da Fenaj na gestão de Whashington Tadeu de Melo. Como político também sempre defendeu a valorização da nossa profissão e respeitou os jornalistas. É lamentável perdermos uma pessoa como Camata de forma tão trágica”.

O atual coordenador geral do Sindijornalistas, Douglas Dantas reforça a posição contrária a qualquer violência. “Lamentamos a morte de Camata e nos posicionamos mais uma vez pela maior rigidez no controle de armas e contrários à flexibilização de seu porte”.

Nosso pesar e  solidariedade aos amigos e familiares. E ratificamos, a verdade anda ao lado da justiça. É o que queremos, a verdade.

Sindijornalistas/ES