Agressão a jornalista

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Espírito Santo e a Federação Nacional dos Jornalistas vêm a público manifestar repúdio contra a violência sofrida pelo repórter Geilson Ferreira e o cinegrafista Alex Pereira, da TV Tribuna, quando desempenhavam o seu trabalho.

O fato aconteceu na última sexta-feira (28) dentro da delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) do Estado, em Vitória, no momento em que policiais apresentavam à imprensa um homem acusado de pedofilia.  O jornalista e o cinegrafista foram agredidos violentamente pelo detido com socos, chutes e pontapés.

A falta de medidas preventivas no sentido de garantir a segurança dos profissionais de imprensa no exercício de seu trabalho e de todos envolvidos na situação, resultou em mais um lamentável episódio de brutalidade e violência contra jornalista, o que deve ser apurado.

Diante do ocorrido, o Sindicado e a Fenaj cobram das autoridades públicas medidas que garantam a segurança dos profissionais de comunicação na realização de seu trabalho. E das empresas de comunicação que também são responsáveis pela segurança de seus profissionais na cobertura de situações de risco.

Vitória, 29 de agosto de 2015.

Sindijornalistas

Diretoria