Cojira-ES repudia declarações racistas do professor da Ufes, Manoel Malaguti

A Comissão dos Jornalistas pela Igualdade Racial e de Gênero do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Espírito Santo (Cojira-ES) vem a público repudiar veementemente as declarações racistas e preconceituosas do professor Manoel Luiz Malaguti, do Departamento de Economia da Universidade Federal do Espírito Santo, durante aula ministrada para alunos do Curso de Ciências Sociais.

Tal conduta é inaceitável e abominável em qualquer situação e, ainda, mais estarrecedora por partir de um professor da Universidade. Um espaço que por natureza deve primar pelo debate e a construção de uma sociedade equânime, que respeite as diferenças de raça, credo, etnia e gênero. Uma sociedade pautada pelo respeito aos Direitos Humanos.

Neste sentido, a Cojira reforça a importância de os jornalistas capixabas irem além do noticiário factual propiciando uma reflexão mais séria e abrangente sobre desigualdades e injustiças motivadas por preconceitos e discriminações. E cobrem a implementação, nós órgãos públicos e nas escolas públicas e particulares, da Lei Federal 10.639/2003 que prevê o ensino sobre cultura e história afro-brasileiras.

Vitória, 6 de novembro de 2014.

Cojira-ES