Orientações sobre a visita do presidente Jair Bolsonaro

Por medida de segurança, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Espírito Santo (Sindijornalistas/ES) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) orientam aos jornalistas que vão fazer a cobertura da visita do presidente Jair Bolsonaro no Estado nesta sexta-feira (11/6) as recomendações a seguir.

Nossas orientações se justificam na medida em que há seguidores do Presidente que têm, muitas vezes, investido contra a imprensa e agredido jornalistas nas manifestações favoráveis ao Presidente e no sentido de tentar evitar tais situações durante outras coberturas, como a visita presidencial.

Evite estar sozinho durante a cobertura, esteja junto aos demais colegas de profissão. Recomendamos que evite cair em provocações. Em caso de agressão verbal ou física, tente fotografar o agressor ou agressora.

Ou, caso veja seu colega de profissão sendo agredido, fotografe e/ou filme o(a) agressor(a) para ajudar na sua identificação, mesmo que trabalhe em veículos de Comunicação diferentes.

Em seguida, ligue para o Sindijornalistas/ES (27 99759-2699) que um diretor e/ou a assessoria jurídica irá acompanhá-lo a uma delegacia de polícia para fazer um boletim de ocorrência.

Lembramos aos profissionais que é imprescindível o uso de máscara de proteção, preferencialmente PFF2, para evitar o contágio pela Covid-19, álcool 70%, e evitar aglomerações.

Destacamos que o Sindijornalistas e Fenaj têm uma campanha nacional pela inclusão da imprensa entre as categorias prioritárias para vacinação contra Covid-19.

A campanha já obteve êxito na Bahia, Maranhão, Mato Grosso do Sul e, no Espírito Santo, o governador Renato Casagrande sinalizou a vacinação da categoria até o mês que vem.