Por um meio ambiente saudável e protegido. Não à extinção do Iema

 

O Sindijornalistas vê com preocupação a proposta do governo do Estado em extinguir o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema-ES), órgão fiscalizador e autônomo.

Como histórico defensor da democracia e do diálogo, o Sindijornalistas repudia a condução do governo em ignorar os anseios da sociedade e dos servidores e, sem nenhuma audiência pública, sem nenhum diálogo, propor uma mudança que poderá agravar a crise ambiental que vivem os capixabas, que lutam diariamente contra doenças ocasionadas pelos altos índices de poluição.

Infelizmente, temos um Estado impactado pelo desastre no Rio Doce, crise hídrica, seca, entre outros problemas ambientais que vem sendo combatido pelos servidores do Iema. Sua extinção causa estranheza e apreensão aos capixabas, que necessitam de um órgão fortalecido que venha cada vez mais resguardar os direitos ambientais.

Da mesma forma, repudiamos qualquer tentativa de extinção das demais autarquias do Estado, instituições criadas para atender com autonomia e independência seguindo os preceitos constitucionais. Entre essas está a TVE, responsável por levar informação de qualidade e com uma programação diferenciada voltada à educação e cultura, necessitando inclusive do fortalecimento por meio de concurso público.

A luta dos servidores é uma luta da sociedade, que todos sejam respeitados, garantindo um meio ambiente saudável para todos.