Reforma Trabalhista – Rede Gazeta demite profissionais e anuncia contratação de “parceiros”

O Sindijornalistas vem repudiar a recente demissão de parte dos profissionais da Rede Gazeta e a atitude da empresa em substituir mão de obra qualificada por “parceiros” para produção de seu conteúdo.

Diante ao anúncio que tem sido propagado pela Rede Gazeta, o Sindijornalistas anuncia que tomará todas as medidas legais cabíveis, em todas as instâncias, para garantir que os direitos trabalhistas, bem como o nosso Código de Ética seja devidamente respeitado.

Vale frisar que, conforme rege a Convenção e a legislação, para produzir conteúdo o veículo tem que pagar o valor referente ao piso salarial da categoria ou tabela de freela da categoria, bem como contratar profissionais com devido registro no Ministério do Trabalho. Qualquer desvio é considerado burla às leis vigentes.

Acúmulo de função

Diante as denúncias recebidas, o Sindicato também entrará com as ações legais contra a prática da Rede Gazeta em exigir o acúmulo de função de sua equipe que estaria tendo que – além de fazer a apuração, reportagem, edição textual – , também atuar como repórter fotográfico/cinematográfico infringindo mais uma vez a nossa legislação vigente.

O Sindijornalistas já encaminhou pedidos de esclarecimentos ao RH da Rede Gazeta e aguarda retorno quanto a contratação dos parceiros.