Rejeitada reposição de apenas 6% para profissionais dos impressos

Na primeira rodada de negociação realizada entre o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Espírito Santo (Sindijornalistas/ES) e o Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas no Estado do Espírito Santo (Sindijores) o sindicato patronal propôs uma reposição salarial de 6%, que foi rejeitada.

.

A reunião foi realizada nesta segunda-feira (19/7) e a proposta foi rejeitada pelo Sindijornalistas/ES. O Sindicato dos Jornalistas destaca que a perda salarial da categoria de maio de 2019 a abril de 2022 é de 19,21%, considerando a reposição de 4% alcançada em 2021.

.

Observa que tal percentual (19,21%) refere-se ao reajuste pela inflação e não ao ganho real, a um aumento salarial. Com a proposta de reposição de apenas 6%, resta ainda uma perda salarial de 12,47% para a categoria.

.

Uma assembleia virtual será realizada com a categoria será realizada na noite desta quarta-feira (20) sobre a campanha salarial.

.

LINK DA ASSEMBLEIA https://meet.google.com/gxd-kqhc-kdi