Servidores da Rádio Espírito Santo em estado de greve

Devido às condições precárias de trabalho a que são submetidos, entre elas, falta de pessoal e de equipamentos, os funcionários da Rádio Espírito, seguindo o mesmo entendimento dos profissionais da Tv Educativa, que integram a autarquia RTV, aprovaram também entrar em Estado de Greve. A decisão foi tomada em assembleia realizada na tarde desta terça-feira, 16 de dezembro.

Durante a assembleia, os servidores também foram informados pelos diretores do Sindipúblicos e do Sindijornalistas sobre o andamento das ações jurídicas e políticas referentes à luta dos trabalhadores da autarquia, como a articulação dos sindicatos para garantir uma emenda ao orçamento de 2015  que aumenta a verba destinada para as emissoras, previsão do concurso público, orçamento para locação e construção de uma nova sede.

Por fim, foi definido que um documento único com a pauta de reivindicações dos servidores do sistema RTV (Rádio Espírito Santo e Tv Educativa) será elaborado e entregue ao próximo governo que assume o Palácio Anchieta em Janeiro de 2015. Caso o novo governo não atenda às demandas, os servidores poderão paralisar suas atividades por tempo indeterminado.