Sindicatos e movimentos sociais organizam semana pela democratização da comunicação

O mês de outubro vai ser marcado pelo fortalecimento do debate a cerca da comunicação. Entre os dias 18 e 22 desse mês será realizada a V Semana Nacional de Luta pela Democratização da Comunicação, uma iniciativa que está sendo construída por movimentos sociais e diversas entidades, como sindicatos. Entre essas entidades estão o Sindijornalistas e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj).

 

As atividades realizadas durante a V Semana Nacional de Luta pela Democratização da Comunicação, como palestras, oficinas e atividades culturais, girarão em torno de três eixos: formação profissional em Comunicação Social , 1ª Conferência Nacional de Comunicação (Confecom) e o papel social da mídia na política.

O debate em torno da formação profissional é de suma importância, pois como se não bastasse a aprovação da não obrigatoriedade do diploma para ser jornalista há uma proposta do MEC de retirar a habilitação de jornalismo do curso de Comunicação Social, relegando aos estudantes uma formação meramente técnica, sem nenhum viés humanista.

Além disso, a V Semana Nacional de Luta pela Democratização da Comunicação tem como meta traçar ações em prol da efetivação das resoluções aprovadas na 1ª Conferência Nacional de Comunicação. A iniciativa também tem o intuito de analisar o papel e a influência da mídia em diversas situações políticas na sociedade e no Estado do Espírito Santo.

Em breve o Sindijornalistas irá divulgar a programação da V Semana Nacional pela Democratização da Comunicação.