Sindijornalistas debate TV Pública e Democratização da Mídia

A finalidade da televisão pública e a percepção da população sobre os meios de comunicação estarão em discussão no debate promovido pelo Sindicato dos Jornalistas na próxima quinta-feira (21/11), a partir das 9h, no auditório do Cine Metrópolis, na Ufes.

Aberto ao público, um dos palestrantes do evento é o jornalista e sociólogo, José Carlos Torves, que também é diretor da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e autor do livro “Televisão Pública” – tema da palestra – no qual são abordados: os obstáculos decorrentes da intervenção estatal na luta por uma TV pública no Brasil, o desenvolvimento social da televisão brasileira, sistemas e modelos, entre outros pontos.

Na oportunidade, Torves fará um breve relato sobre a greve dos jornalistas da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) – Agência Brasil, TV Brasil, Rádio Nacional – iniciada no último dia 7/11. Como diretor da Fenaj, ele vem acompanhado de perto a greve na EBC.

A pesquisa “Democratização da Mídia”, realizada pelo Núcleo de Estudos e Opinião Pública, da Fundação Perseu Abramo (FPA), será apresentada pelo diretor da FPA, Joaquim Soriano. O estudo teve como objetivo analisar as percepções da população brasileira sobre os meios de comunicação. Foram ouvidas 2.400 pessoas de várias unidades da federação.

Para a FPA, a partir dos dados concretos da pesquisa será possível criar uma melhor discussão sobre o papel da mídia. Um exemplo está no dado de que a TV aberta continua sendo o meio mais utilizado pelos brasileiros para informação e entretenimento, mesmo com o avanço da Internet. A pesquisa mostra que 94% dos entrevistados ainda usam a TV para a busca de informação e 82%, todos os dias.

O debate, que acontece na Ufes, será coordenado pela presidente do Sindicato dos Jornalistas, Marília Poletti. “Após as exposições abriremos para perguntas do público”, explica. O evento é dirigido a jornalistas, profissionais de imprensa, artistas, produtores culturais, estudantes universitários, representantes de movimentos sociais, sindicatos e todas as pessoas interessadas no assunto.

Os participantes que desejarem certificado deverão assinar lista de presença. O debate TV Pública e Democratização da Mídia é realizado pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Espírito com o apoio da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj); Superintendencia de Comunicação da Ufes, Cine Metrópolis, TV Ufes, Rádio Universitária e Observatório da Mídia/Ufes.

Evento: TV Pública e Democratização da Mídia
Horário: 9h às 12h
Local: Cine Metrópolis, Ufes