Sindijornalistas inicia em maio Campanha Salarial dos jornalistas do Espírito Santo

As negociações salariais dos jornalistas capixabas para 2014 já estão em debate na categoria. Este ano a pauta de reivindicações, além da reposição das perdas salariais, também vai discutir com os sindicatos patronais (Sertes e Sindijores), ganho real de 10%, e piso salarial de 6 salários mínimos, conforme prevê o Projeto de Lei 2960/2011, em tramitação no Congresso Nacional.

Nossa pauta propõe, ainda, a concessão de vale-alimentação, pagamento de adicional noturno para quem trabalha a partir das 22h e também para os profissionais que iniciam sua jornada de madrugada; indenizações no caso de demissões para quem está perto da aposentadoria, além de uso de equipamentos de segurança e cursos de prevenção para jornalistas que cobrem áreas de risco.

Por fim, a proposta de Convenção Coletiva quer o fim da precarização do trabalho dos jornalistas com o pagamento das horas extras trabalhadas; do acúmulo de função; do tempo de serviço que o jornalista ficar, mesmo on-line, à disposição das empresas, e a proibição de contratação de pessoas que obtiveram registro profissional a partir de decisão do Supremo Tribunal Federal para exercer funções de jornalista.

Neste mês de abril o Sindicato chamará os jornalistas para a Assembleia Geral que irá discutir e aprovar a proposta de Pauta de Negociação. Fique atento à chamada do Sindijornalistas!