Sindijornalistas participa de Fórum que irá discutir as “masmorras” juvenis

Nesta quarta-feira (04), o Sindijornalistas, representado pelo seu diretor Douglas Dantas, em conjunto com outras 30 entidades participaram da terceira reunião do Fórum Permanente de Diálogo Justiça e Sociedade, coordenado pelo presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, desembargador Pedro Valls Feu Rosa.

Os participantes relataram diversas situações que precisam ser melhoradas para garantir que os direitos sejam igualitários em toda a sociedade. No entanto, o ponto mais discutido, foi a caótica situação do que já está se chamando de masmorras juvenis, que é são as unidades de socioeducação do Iases.

Várias entidades relataram o que viram em visitas in-loco no sistema de socioeducação. Além de condições precárias de higiene, limpeza e alimentação, até mesmo paredes “pichadas” com sangue-humano foram encontradas. Outra denúncia foi sobre as diversas tentativas de suicídio dentro do sistema.

Com isso, foi definido que a Subcomissão do Adolescente em Conflito com a Lei, que faz parte do Fórum Permanente de Diálogo Justiça e Sociedade, vai se reunir no dia 13 deste mês, na Arquidiocese de Vitória, na Cidade Alta, para coletar documentos, fotos e vídeo que retratam as condições das unidades de internação para menores no Estado. “Vamos reunir fotos, documentos e vídeo que poderão nos ajudar a conhecer melhor os problemas vividos hoje por adolescentes internados nas unidades do Estado. Traremos esse material para nova discussão no Fórum, para marcarmos uma visita às unidades de internação”, disse o padre Xavier Paolillo, da Pastoral Carcerária.

O chefe de Gabinete da Presidência do TJES, Bruno Toledo, explicou que ainda neste mês de julho será marcada uma reunião extraordinária do Fórum Permanente de Diálogo Justiça e Sociedade para a análise dos materiais a serem apresentados pela Subcomissão do Adolescente em Conflito com a Lei. Após a apresentação, o objetivo é discutir as ações para contribuir na melhoria do sistema de socioeducação.

Ainda na reunião desta quarta-feira, novos integrantes do Fórum foram apresentados aos demais representantes de entidades da sociedade civil e ao presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Pedro Valls Feu Rosa. Dentre os novatos, estão as advogadas Regina Celli Mariani e Fernanda Gallon, 1ª e 2ª secretárias da Associação dos Advogados Públicos do Estado (AESAP) e Douglas Dantas, diretor de comunicação do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do ES (Sindijornalistas) e diretor do departamento de Assessoria de Imprensa da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj).

Esta foi a terceira reunião do Fórum. A primeira ocorreu no ato da instalação, em 13 de abril deste ano; e a segunda no dia 22 de maio, quando foram criadas as 18 subcomissões.

Com informações do site www.tj.es.gov.br