Sindijornalistas presta contas à categoria

Poucos jornalistas compareceram para saber como o Sindicato investe o dinheiro pago pela categoria. Mesmo assim, alguns questionamentos foram feitos ao contador Fabiano Gonçalves, da Primar Consultoria.

O sindicato teve as contas aprovadas na assembléia de prestação de contas, realizada na noite do dia 14/04. Alguns questionamentos foram feitos quanto à apresentação do balanço patrimonial, elaborado pela Primar Consultoria.

Entre os questionamentos, um é a forma como são apresentadas as despesas e as receitas, ou seja, os gastos e os valores recebidos pelo Sindicato. Como jornalistas, não entendemos muito os demonstrativos financeiros, o balanço patrimonial. 

A idéia é buscar uma forma de facilitar a compreensão dos demonstrativos financeiros, do balanço patrimonial. E isso precisa ser modificado para que todos entendam o que for publicado.   

Diante disso, o contador ficou de fazer alterações no documento para que dê maior transparência e a categoria possa, efetivamente, saber como foi investido o dinheiro da contribuição sindical (paga mensalmente) e o Imposto Sindical (pago uma vez por ano, no mês de março).

 

Breve, estaremos colocando à disposição no site do Sindijornalistas o Balanço Patrimonial do ano de 2007.

 

 Imposto Sindical

Para esclarecer à categoria, o sindicato quer deixar claro que o dinheiro arrecadado com o imposto sindical (um dia de salário) é dividido da seguinte forma:

 

Para a contribuição dos patrões: 5%  para a confederação correspondente; 15%   para a federação;   60%   para o sindicato respectivo; e 20%   para a “Conta Especial Emprego e Salário”, do Ministério do trabalho

 

Para os trabalhadores: 5%  para a confederação correspondente; 10%  para a central sindical; 15% para a federação; 60%  para o sindicato respectivo e 10%  para a “Conta Especial Emprego e Salário”, do Ministério do trabalho